Getúlio Vargas

Endereço

Rua da Imperatriz - Jardim do Museu Imperial, 220 Visualizar no mapa

Centro

CEP: 25610-320

Rede/Holding: Prefeitura Municipal de Petrópolis

Contatos

Telefone: (24) 2245-5550

Seu Nome:

Seu Email:

cancelar    

Imóvel de importância histórica:
sim
Localização:
em propriedade pública.
Pontos de referência:
Localizado no jardim do Museu Imperial.
Localidade mais próxima:
Centro.
Distância até a localidade:
400 m
Distância do Centro (Ponto zero) do município:
400 m
Período de funcionamento:
o ano inteiro
Horário:
Abertura:
3ª. feira 4ª. feira 5ª. feira 6ª. feira sábado domingo
11h 11h 11h 11h 11h 11h
Encerramento:
3ª. feira 4ª. feira 5ª. feira 6ª. feira sábado domingo
18h 18h 18h 18h 18h 18h
Visita:
autoguiada livre
Informações ao visitante:
Guia de turismo / monitor:
Entrada:
gratuita
Regulamentos para visitação:
permitido fotos e filmes, proibido jogos e esportes
praças e jardins, restaurante/bar/quiosque/lanchonete, instalações sanitárias
Autor:
H. Leão Veloso.
Data da inauguração:
16/03/1943.
O monumento foi instalado em:
homenagem
Homenageado/motivo da comemoração:
Getúlio Dornelles Vargas.
Representação:
herma
Material:
outro: Granito e bronze
Inscrições:
"Getúlio Vargas - criador do Museu Imperial - amigos de Petrópolis - 16/03/1941".
Observações complementares:
Getúlio Vargas (1883 - 1954). Nasceu no Rio Grande do Sul, foi um advogado e político brasileiro, chefe civil da Revolução de 1930 e ex-presidente do Brasil. Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito, em Porto Alegre. Foi eleito deputado estadual, exercendo entre 1909 e 1912, foi reeleito em 1913, entretanto renunciou o cargo. Ainda foi deputado federal, ministro da fazenda e governador do estado do Rio Grande do Sul. Em 1930 foi eleito presidente do Brasil, encerrando a república velha, fez promulgar uma nova constituição e manteve-se no poder até 1945. Entre 1945 e 1950, fez um breve intervalo, para enfim retornar ao Palácio do Catete como presidente. Após uma crise, em 24 de agosto de 1954, logo depois de sua última reunião ministerial, na qual fora aconselhado por ministros a se licenciar da presidência, Getúlio Vargas suicida-se. Ele ficou conhecido por seus diversos feitos no governo, dentre eles a criação da Força Aérea Brasileira, a Estrada de Ferro Central do Brasil, Companhia Vale do Rio Doce, Museu Imperial e a criação de diversas leis sociais e trabalhistas, um brasileiro ufanista, tendo sido um dos mais importantes e queridos presidentes.
As informações foram fornecidas pelos prestadores de serviços, e esses são responsáveis pela sua exatidão. Esclareça diretamente todas as suas dúvidas antes de planejar a sua viagem.