João Batista da Costa

Endereço

Bosque do Imperador

Centro

Rede/Holding: Prefeitura Municipal de Petrópolis

Seu Nome:

Seu Email:

cancelar    

Imóvel de importância histórica:
sim
Localização:
em propriedade pública.
Pontos de referência:
Próximo ao Colégio Pedro II.
Localidade mais próxima:
Centro
Distância até a localidade:
1,2 km
Distância do Centro (Ponto zero) do município:
1,2 km
Período de funcionamento:
o ano inteiro
Horário:
Horário especial:
atendimento 24hs
Visita:
autoguiada livre
Informações ao visitante:
Guia de turismo / monitor:
Entrada:
gratuita
praças e jardins
Autor:
Prof. José Octávio Corrêa Lima
Data da inauguração:
24/11/1931
O monumento foi instalado em:
homenagem
Homenageado/motivo da comemoração:
João Batista da Costa
Representação:
herma
Inscrições:
"A João Baptista da Costa, um grupo de amigos e admiradores."
Observações complementares:
João Batista da Costa (24/11/1865 - 20/04/1926), foi um pintor e ilustrador brasileiro. Depois de uma infância pobre passada no Asilo dos Menores Desamparados que depois se chamou Instituto João Alfredo no Rio de Janeiro, Batista da Costa ingressou em 1885 na Academia Imperial de Belas Artes, com o apoio do Barão de Mamoré, Ministro do Império. Em 1894, conquistou com o quadro Em repouso o Prêmio de Viagem à Europa na primeira Exposição Geral de Belas Artes do período republicano; Em 1900, ganhou medalha de ouro de segunda classe na Exposição Geral de Belas Artes; Em 1904, recebeu a medalha de ouro de primeira classe com o quadro Fim de jornada; A partir de 1906, foi professor na Escola Nacional de Belas Artes, instituição que dirigiu a partir de 1915 e onde trabalhou até sua morte.

Grande amigo de Petrópolis, a ela prestou uma significativa homenagem, oferecendo a pinacoteca municipal uma obra sua – Retrato de D. Pedro II.
As informações foram fornecidas pelos prestadores de serviços, e esses são responsáveis pela sua exatidão. Esclareça diretamente todas as suas dúvidas antes de planejar a sua viagem.