Museu Imperial

Endereço

Rua da Imperatriz, 220 Visualizar no mapa

Centro

CEP: 25610-320

Rede/Holding: IBRAM - Instituto Brasileiro de Museus

Contatos

Telefone: (24) 2233-0300

E-mail: mimp.gabinete@museus.gov.br Entrar em contato

Site: http://www.museuimperial.gov.br

Seu Nome:

Seu Email:

cancelar    

Imóvel de importância histórica:
sim
Protegido por lei de tombamento:
federal
Instituição responsável pelo tombamento:
IPHAN
Localização:
em propriedade pública
Pontos de referência:
Próximo à Câmara Municipal e ao Centro de Cultura Raul de Leoni
Localidade mais próxima:
Centro
Distância até a localidade:
400 m
Distância do Centro (Ponto zero) do município:
400 m
Período histórico:
imperial
Estilo Arquitetônico:
arquitetura neoclássica
Arquitetura civil:
museu
Utilização original do atrativo:
Residência de verão de D. Pedro II.
Utilização atual do atrativo:
Museu Imperial.
Nome da principal via de acesso:
Rua da Imperatriz
Tempo necessário para chegar ao atrativo partindo da localidade mais próxima (em minutos):
04
Descrição do acesso:
plano
No acesso encontram-se atrativos:
históricos
Tipo de transporte:
ônibus regular
Outras informações:
Empresa:
Cidade das Hortências
Telefone: (24) 2103-9950, Site: http://www.salvini.com.br, E-mail: patricia@salvini.com.br
Empresa:
Viação Cascatinha
Telefone: (24)2237-0599, Site: http://www.cascatinhatransportes.com.br, E-mail: adm@cascatinhatransportes.com.br
Empresa:
Autobus
Telefone: (24) 2236-2784, E-mail: autpet@ig.com.br
Centro de recepção:
adaptado
Posto de informação:
adaptado
Portaria principal:
adaptado
Guarita:
adaptado
Período de funcionamento:
o ano inteiro
Horário:
Abertura:
3ª. feira 4ª. feira 5ª. feira 6ª. feira sábado domingo
11h 11h 11h 11h 11h 11h
Encerramento:
3ª. feira 4ª. feira 5ª. feira 6ª. feira sábado domingo
18h 18h 18h 18h 18h 18h
Horário especial:
agendamento de horário
Visita:
autoguiada com número restrito de visitantes (quantos): 320, duração média (em minutos): 60
Informações ao visitante:
Idiomas:
português, inglês
Guia de turismo / monitor:
Informações históricas e culturais:
português, inglês, espanhol
Entrada:
paga
Há guia de visitação impresso disponível ao visitante:
sim
Necessidade de autorização prévia de acesso ao atrativo:
sim
Regulamentos para visitação:
proibido entrar com alimentos, proibida a entrada de animais, proibido sacolas e bolsas, proibido jogos e esportes
livraria, venda de lembranças/suvenires, lazer e entretenimento, restaurante/bar/quiosque/lanchonete, instalações sanitárias, coleta seletiva de lixo
atividades culturais, atividades pedagógicas
Facilidades para pessoas com deficiência:
adequação da altura do mobiliário, condições de acesso para cadeiras de rodas, elevador com braile e dispositivo sonoro, escadas com corrimão, espaços reservados para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, rampas de acesso, rebaixamento de balcões de atendimento, rota externa acessível: estacionamento, calçada rebaixada, faixa de pedestre, rampas, sanitários com barras de apoio, acesso e giro para cadeiras de roda, vagas sinalizadas em estacionamento
DESCRIÇÃO DO ATRATIVO:
O Museu Imperial funciona no antigo Palácio Imperial de Petrópolis, residência de verão de d. Pedro II e apontado pelo imperador em diários como um de seus locais preferidos. Lá, o público pode encontrar um pouco sobre a história do Império brasileiro e sobre a família imperial. O acervo, que conta com peças emblemáticas, como a famosa coroa do imperador, é distribuído por cômodos que reconstroem o cotidiano da família em Petrópolis e apresentam aspectos culturais, políticos, sociais e econômicos do Brasil no século XIX.

Construção em estilo estilo neoclássico, construído com recursos da dotação pessoal do Imperador Pedro II, que ali passava longas temporadas com sua família até a Proclamação da República, em 1889. Possui 44 cômodos, duas alas, um corpo central e um andar superior, em que se destacam a sala de jantar, a sala de música,a sala do trono, os aposentos imperiais e seu escritório. Seu jardim foi planejado e executado por Jean Baptiste Binot, botânico e paisagista francês, pioneiro no combate à devastação indiscriminada das matas da cidade. Foi transformado em Museu, por decreto do presidente Getúlio Vargas, em 1940 e inaugurado em 1943. Possui significativo acervo de peças relativas ao período Imperial brasileiro, destacando-se como peça principal a coroa do Imperador Pedro II.
Acervo composto por:
esculturas, pinturas, azulejaria, painéis, livros, periódicos, arte sacra, documentos, murais, vitrais, jóias, luminária, objetos de porcelana, mobiliário, utensílios, livros raros, tapeçaria, fotografia, fonográfico, vestuário e acessórios, armaria, numismática
Atividades técnicas complementares:
arquivo, biblioteca, cinema e vídeo, museu, teatro/anfiteatro, espaço para eventos
Observações complementares:
Agendamento de visita pelo telefone: (24)22330300. Agendamento para o evento Som e Luz: (24) 2233-0362.

Crianças até 06 anos e idosos acima de 80 anos tem acesso livre ao museu.

Todas as quartas-feira e no último domingo do mês, petropolitanos e moradores do município tem acesso livre ao museu mediante apresentação de identidade e/ou comprovante de residência.
As informações foram fornecidas pelos prestadores de serviços, e esses são responsáveis pela sua exatidão. Esclareça diretamente todas as suas dúvidas antes de planejar a sua viagem.